Jun 20, 2016

Pastoral da Comunicação

COORDENAÇÃO:  

Diego Faustino 
Telefone de contato:
(83) 9-99406749
E-mail de contato:  

Alexsandro Brasileiro 
Telefone de contato:
(83) 9-9956-4853
E-mail de contato:  

DEFINIÇÃO 

“É a pastoral do ser e estar em comunhão com a comunidade. É a pastoral da acolhida, da participação, das inter-relações humanas, da organização solidária e do planejamento democrático do uso de recursos e instrumentos de comunicação” (doc. 75 – Igreja e Comunicação – CNBB) 

A Pastoral da Comunicação é o organismo que deve aproximar-se dos meios de Comunicação e colocá-los a serviço da divulgação da mensagem de Cristo, proclamando a partir dos telhados (cf MT. 10, 27; Lc 12,3) a mensagem da qual é depositária. 

E João Paulo II vem confirmar este anseio da Igreja quando diz que “não é suficiente usar os meios de comunicação para difundir a mensagem cristã e o Magistério da Igreja, mas é necessário integrar a mensagem nesta “nova cultura”, criada pelas modernas comunicações… Com novas linguagens, novas técnicas, novas atitudes psicológicas”. (Redemtoris missio). 

OBJETIVO GERAL 

As diretrizes da Pascom têm como objetivo principal consolidar a missão da Igreja por meio da comunicação. Organizar e animar a Pastoral da Comunicação, para que ela seja um instrumento eficaz e ajude permanentemente as paróquias e, por conseguinte a diocese a cumprir sua missão de anunciar a Cristo de modo planejado. 
O fortalecimento do processo dialógico enaltece qualidades existentes na comunidade como a acolhida, o amor fraternal e a compreensão da complexidade das relações pessoais e a superação dos desafios, tornando comum as diferenças e assumindo em conjunto o projeto evangélico da instalação do Reino de Deus entre nós. 

PRINCÍPIOS 

A PASCOM pode e deve ajudar a Igreja a cumprir o mandado de Cristo, de “que amemo-nos uns aos outros.” (1Jo 3,11). Para que se cumpra este pedido, é preciso aproximar as pessoas, criar um ambiente dialógico e de respeito mútuo, aproveitando a diversidade de dons para a edificação da comunidade. Cabe ao agente de comunicação, usar de sua criatividade e os meios disponíveis e cabíveis a cada situação para interagir e criar este espaço. 

A Pastoral da Comunicação, portanto, procura ajudar na integração da comunidade e, ao mesmo tempo, participar da ação da comunidade na sociedade, sempre sem perder de vista a construção do Reino a que somos chamados por Cristo. 

A outra dimensão da Pastoral da Comunicação aponta para a relação da Igreja com todos os diversos segmentos da sociedade e os diferentes meios de comunicação. Nessa relação, a Igreja se utiliza de todos os instrumentos possíveis para cumprir sua missão. 

Não se deve, contudo, reduzir a Pastoral da Comunicação exclusivamente ao uso dos instrumentos ou recursos da comunicação, como os meios impressos ou audiovisuais, sem a devida reflexão sobre o papel desses instrumentos no processo de comunicação da comunidade eclesial. Tal simplificação pode favorecer ou fortalecer o monopólio da fala no interior da Igreja, comprometendo a Pastoral de Conjunto, além de propiciar um contra testemunho do verdadeiro sentido dos processos de comunicação como ação evangelizadora. 

A Pastoral da Comunicação, desse modo, perpassa, pela própria razão de ser, as ações das demais pastorais, animando-se e colocando-se a seu serviço, tendo como referencial programático a Pastoral da Conjunto. 

FUNÇÕES 

– Assessor: acompanha a Pascom, garantindo-lhe a unidade de ação e orientando-a com base nos princípio da Igreja. Atua como elo entre o clero e a Pastoral. Orienta a Pascom na elaboração de temas para cursos, retiros, formações e outros. 

 
– Coordenador (a): elabora, junto com demais membros da Pascom, a pauta das reuniões. Elabora também o calendário anual de atividades e a planilha de gastos. Orienta o (a) secretário (a) na elaboração da correspondência e na divulgação de eventos da Pascom. Participa ou se fará representar nos eventos que constam no calendário da Pascom e naqueles os quais for convidado. 

 
– Vice-coordenador (a): auxilia o coordenador em todos os eventos da Pascom. Substitui e assume a coordenação, no impedimento do titular. Confirma e prepara o local das reuniões ordinárias da Pascom. 

 
– Coordenador de formação e eventos: coordena as formações e eventos promovidos pela Pascom em nível paroquial. Elabora a agenda anual de atividades e trabalha a fim de garantir a realização dos eventos, assim como sua divulgação. 

 
– Secretário (a): redige a pauta elaborada e participa das reuniões da Pascom, dos retiros, encontros dos coordenadores paroquiais, formações, anotando os assuntos tratados, para transcrição em ata. Mantém atualizada a listagem dos membros da Pascom e das Pastorais da Paróquia. Repassa comunicados da Pascom e faz a articulação entre os coordenadores pastorais da paróquia. 

 

LINHAS DE AÇÃO 

– Fazer reuniões periódicas com a equipe paroquial e com o pároco; 
– Auxiliar na produção do folheto de avisos; 
– Manter o Jornal Mural; 
– Fazer o registro em vídeo e foto das celebrações e eventos; 
– Organizar grupos de Leitura Crítica da Comunicação; 
– Manter um programa de Rádio; 
– Gerenciar o site paroquial; 
– Auxiliar no uso do Datashow; 

– Contribuir para a unidade do trabalho da Assessoria de Comunicação, oferecendo suporte e firmando parcerias com as demais estruturas; 

 

MISSÃO 

“Testemunhar e anunciar o Evangelho de Jesus Cristo”. 

A Pastoral da Comunicação testemunha e anuncia o Evangelho de Jesus Cristo, promovendo a comunhão e a participação ativa no processo comunicacional e consolidando a missão da Igreja por meio da comunicação. 

HISTÓRICO 

A Pastoral da Comunicação na Paróquia Santa Rita de Cássia, já existiam pessoas que realizavam cobertura dos eventos que aconteciam em nossa comunidade. No inicio de 2016 a Pascom começou a tomar corpo e a suas atividades começaram a crescer, tendo maior integração com as pastorais e movimentos da paróquia. 

Entre para postar comentários

Facebook

Acenda uma vela

 

Transmissão ao Vivo

Rádio Web Santa Rita

menu radio

Paróquia Santa Rita de Cássia