Jun 20, 2016

Unção dos Enfermos

“Alguém dentre vós está doente? Mande chamar os presbíteros da Igreja para que orem sobre ele, ungindo-o com o óleo em nome do Senhor. A oração da fé salvará o doente e o Senhor o porá de pé; se tiver cometido pecados, estes lhe serão perdoados” (Tg 5,14-15).

 “O sacramento da unção dos enfermos tem por finalidade conferir uma graça especial ao cristão que está passando pelas dificuldades inerentes ao estado de enfermidade grave ou de velhice” (cf. C IC1527).

 “Pela sagrada unção dos enfermos e pela oração dos presbíteros, a Igreja toda entrega os doentes aos cuidados do Senhor sofredor e glorificado, para que os alivie e salve (cf. Tg 5,14-16)”. Exorta os mesmos a que livremente se associem à paixão e morte de Cristo (cf. Rm 8,17; Cl 1,24; 2 Tm 2,11-12; 1Pd 4,13) e contribuam para o bem do povo de Deus” (LG 11b).

 Este sacramento:

 a) Traz salvação e alívio na fraqueza física e espiritual;

b) Une o doente à paixão de Cristo, para seu bem e de toda a Igreja;

c) Confere o perdão dos pecados, se o doente não puder confessar.

 Os fiéis devem pedir para si e para seus familiares, sem medo nem constrangimento, o conforto do sacramento da unção dos enfermos. Cuidem os pastores e os parentes dos enfermos para que estes sejam confortados em tempo oportuno com este sacramento, para que possam participar conscientemente da sua celebração, evitando quanto possível chamar o padre quando o doente já entrou em coma.

 Quem pode receber a unção dos enfermos?

 A unção dos enfermos pode ser administrada a todo batizado que tenha atingido o uso darazão e esteja em perigo de vida ou por motivo de doença grave e velhice (cf. cân. 1004).

 

Referência

CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA, 2. ed. Editora: Vozes, Paulinas, Ave-Maria, 1993 [Sigla CIC].

Entre para postar comentários

Facebook

Acenda uma vela

 

Transmissão ao Vivo

Rádio Web Santa Rita

menu radio

Paróquia Santa Rita de Cássia