Jun 13, 2016

O que significa um corpo incorrupto?

Urna com o corpo de Santa Bernadette

Se olhamos para Jesus, que sabemos que se fez semelhante a nós em tudo, menos no pecado, entendemos pela fé que não pode estar sujeito à corrupção, afinal ele é Deus. De fato, ressuscitou e está com seu corpo glorioso sentado à direita de Deus Pai. Maria também experimentou algo parecido. Sabemos que ela é Imaculada, sem mancha de pecado e que viveu toda sua vida em pura santidade. Também sabemos pela fé que foi assunta, em corpo e alma, aos céus. Sobre ela, São João Damasceno diz o seguinte: "Convinha que aquela que no parto manteve ilibada virgindade conservasse o corpo incorrupto mesmo depois da morte"

Podemos pensar, à luz de Jesus e de Maria, que a santidade está em estreita relação com a não corrupção dos corpos. De fato, estamos todos chamados a viver um dia no céu, depois da segunda vinda de Jesus, em corpo e alma, incorruptos, junto a Deus. É para isso que vivemos a nossa vida atual, peregrinando rumo a outra vida, eterna. Sabemos também que existiram pessoas que se sobressaíram nessa peregrinação por sua pureza, por sua santidade. Esses são os santos e santas, que nos lembram do nosso próprio chamado a santidade. Padre Pio, por exemplo, foi uma dessas pessoas que de maneira especial peregrinaram nessa terra.

Mas se a santidade e a incorruptibilidade estão diretamente relacionadas, por que não são todos os santos que estão incorruptos? Essa é uma boa pergunta, cuja resposta mais honesta talvez seja “não sei”, junto com uma confiança nos desígnios amorosos de Deus. Mas também é verdade que diferentemente de Jesus e de Maria, os demais santos foram afetados pelo pecado, ou seja, a morte entrou de alguma maneira em suas vidas. Nós sempre repetimos que o santo não é aquele que não tem pecado, mas aquele que sempre se levanta e volta à comunhão com Deus.

A pergunta agora poderia ir para o extremo oposto. Bom, se todos os santos (Sem contar Jesus e Maria) entraram de alguma maneira em contato com a realidade do pecado, por que alguns não se corromperam? O que se entende por corpo incorrupto é um corpo que por razões não explicadas cientificamente permanecem em um estado de conservação muito acima do normal. Isso não quer dizer que eles estejam exatamente como um corpo vivo, sem nenhuma corrupção, mas que estão inexplicavelmente conservados.

Sem cair nos extremos, podemos com segurança entender a relação entre uma vida pura e a incorruptibilidade. Lembrando sempre que nós também, pecadores perdoados como somos, viveremos incorruptos com Deus, depois que Jesus voltar em sua segunda vinda. E se alguns corpos já nos mostram indícios dessa incorruptibilidade, certamente é porque Deus deseja que nos valhamos deles para robustecer a nossa própria fé e o nosso desejo de viver uma vida plena e santa.

Ir. João Antônio Johas Leão

 

Referência:

A12. Disponível em  http://www.a12.com/. Acesso em: 12  junho 2016

Entre para postar comentários

Paróquia Santa Rita de Cássia